Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

“Nós queremos ser referência de gestão educacional”, disse o diretor executivo da startup amapaense Inovadados, Felipe Ferreira.

Ele comemora a escolha da empresa entre as 300 selecionadas do edital Sebrae InovAtiva 2017. Mais de 1,7 mil propostas concorriam ao prêmio.

Com a seleção no edital, a empresa fará parte do projeto do Sebrae que oferece subsídio de até R$ 120 mil e tem o objetivo de fomentar e desenvolver negócios inovadores e criativos. A meta é que a startup receba a premiação no mês de abril.

Felipe Ferreira:

Felipe Ferreira: plataforma digital já foi comprada até por escolas de outros países. Fotos: divulgação

O projeto da empresa é uma plataforma completa de gestão educacional, o Proesc.com, um sistema que utiliza as mais modernas tecnologias, como mobile, para gerenciar frequência dos alunos nas escolas e os pais recebem uma mensagem no App informando que o filho está em sala de aula, notas e outras informações educacionais.

“Os pais podem acompanhar pelo celular a vida escolar dos filhos. Aqui no Amapá já temos mais de 10 escolas com a tecnologia. Nós estamos no mercado desde 2008 e já cadastramos escolas de todo Brasil, mas pra ter a gestão completa tem que ter um investimento”, explicou o diretor executivo da empresa.

A plataforma digital fez tanto sucesso que foi comprada por escolas de Portugal, Moçambique e até da Angola. A startup que possui apenas 14 funcionários busca ampliar o mercado para ser utilizado nas prefeituras e órgãos do Estado.

Compartilhamentos