Compartilhamentos

SELES NAFES

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) no Amapá descartou na tarde desta quinta-feira, 20, a possibilidade de um racionamento de energia na cidade de Oiapoque por desabastecimento de óleo diesel nos grupos geradores.

Depois de melhorias nos trechos onde há atoleiros na BR-156, um novo carregamento de combustível chegou ao município.

A empresa contratada pela Dnit começou a trabalhar nos seis atoleiros que compreendem um trecho de 12 quilômetros a partir da comunidade de Primeiro do Cassiporé, a 90 quilômetros de Oiapoque.

Trecho de atoleiros receberam melhorias. Fotos: Dnit

Trecho de atoleiros receberam melhorias. Fotos: Dnit

Engenheiros, equipes e o dobro de máquinas irão trabalhar no trecho durante todo o feriado. O trabalho consiste na retirada de material saturado e raspagem da pista.

Em Oiapoque, é forte o boato de desabastecimento como já ocorreu em anos anteriores, quando o litro da gasolina chegou a ser vendido a R$ 10 e o botijão de gás a R$ 150.

br 4

Caminhões com cargas estão passando nos trechos mais complicados

“A cidade ainda estava com um estoque para 10 dias, e agora chegou mais um carregamento com 180 mil litros de diesel. Na segunda-feira (24) vai outro caminhão com a mesma quantidade. Ou seja, Oiapoque não vai ficar sem energia”, garantiu nesta quinta-feira o superintendente do Dnit, Fábio Vilarinho.

Compartilhamentos