Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

Um quadrinista amapaense está em busca de apoio para lançar a sua terceira revista. A história mistura ficção científica com psicodelia, valoriza o sagrado feminino e revela a mente doentia do antagonista, que por meio de suas decepções amorosas e inveja, acaba abrindo um portal para outro lugar: a “Dimensão Delta”.

A trama envolve dois personagens principais: de um lado o antagonista, sobrinho mimado de uma mulher muito rica, que tenta conquistar a amizade  do protagonista, um jardineiro fiel à patroa e que esconde um segredo que só é revelado no fim da história.

Dimensão alternativa, crise existencial e rivalidade são parte da narrativa. Fotos: André Silva

Dimensão alternativa, crise existencial e rivalidade fazem parte da narrativa. Fotos: André Silva

Em sua insana busca em conseguir a atenção do jardineiro, o rapaz revela suas desventuras sexuais com várias mulheres, fatos que só serão revelados quando ele entrar na “Dimensão Delta”, aberta apenas por meio de seu psicológico doentio.

 Ao mesmo tempo, o antagonista enfrenta vários desafios que colocam sua masculinidade em cheque. O mais revelador vem no final, quando ele descobre quem comanda a dimensão.

O autor, Roberto Wanderley, de 33 anos, que trabalha profissionalmente como quadrinista há cinco anos, é autor de mais dois quadrinhos, ‘O sonho brasileiro’ e ‘A lenda do mapinguari’, todos lançados por um site especializado em HQ. Ele não quis revelar o ápice da história, mas garante que os leitores irão se surpreender.

Roberto Wanderley busca apoio para publicação da obra

Roberto Wanderley busca apoio para publicação da obra

Artista tem outras duas histórias já publicadas

Artista tem outras duas histórias já publicadas

 Wanderley está em busca de apoio para lançar o trabalho que precisa da impressão e da edição.

 “Esse é o meu trabalho mais ambicioso que carrega uma história de cunho crítico, sociológico e antes de mais nada psicológica”, contou o autor.

Personagens

Personagens de “Dimensão Delta”

Ele quer que a revista tenha o formato americano, preferido por colecionadores. Roberto Wanderley disponibilizou seu número de telefone para que a editora ou instituição que se interesse pelo trabalho, entre em contato: 96-99116-8276.

Compartilhamentos