Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Familiares da estudante Eliany Martins do Nascimento, de 22 anos, informaram neste sábado, 15, que o corpo da jovem, que inicialmente estava previsto para chegar neste sábado, 15, só deve desembarcar em Macapá na noite do domingo, 16.

O local do velório foi mantido, a Igreja Celeiro de Bênçãos, na Avenida FAB com a Rua Hildemar Maia, a partir das 22h.

O sepultamento foi confirmado para o Cemitério Nossa Senhora da Conceição, no Centro de Macapá, às 16h da próxima segunda-feira, 17.

O atraso no translado se deu por conta das normas das companhias aéreas e transportadoras. O corpo vai embarcar em São Paulo neste sábado às 23h e deve chegar às 22h45min em Macapá.

O pai da menina e um tio ficaram em São Paulo cuidando dos trâmites e acompanharão o corpo da estudante.

O drama de Eliany Nascimento, diagnosticada com leucemia, mobilizou as redes sociais de Macapá numa campanha em busca de um doador de medula óssea.

Apesar da grande quantidade de pessoas que atenderam ao chamamento, a rede de doação de medula (Redome) encontrou um doador fora do Brasil. Dias antes da doação, no entanto, a estudante passou mal e foi internada na UTI do hospital em São Paulo.

Na quinta-feira, 13, ela não resistiu. Em março, Eliany Nascimento completou 22 anos. Uma pequena festa foi organizada no hospital. Em Macapá, familiares fizeram uma comemoração paralela numa grande corrente de oração. 

Compartilhamentos