Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Numa operação realizada em vários rios do Amapá, equipes do Batalhão Ambiental prenderam suspeitos de roubar gado. Também foram apreendidas armas e motores roubados.

A operação foi realizada pela 4ª Companhia do Bailique e Companhia Fluvial do Batalhão Ambiental entre os dias 6 e 13 deste mês em várias comunidades do Rio Gurijuba, Tartarugalzinho, Pracuúba, Cutias, Amapá, e no próprio Bailique.

O objetivo era combater crimes como furto de gado, receptação, ameaças, porte ilegal de arma de fogo, invasões de propriedades, tráfico de drogas e prender foragidos da justiça. No segundo dia da operação, foi preso um procurado por homicídio.

Ladrões estavam com 4 quartos de búfalos. Fotos: Divulgação

Ladrões estavam com 4 quartos de búfalos. Fotos: Divulgação

Armas e motores roubados foram apreendidos

Armas e motores roubados foram apreendidos

Três dias depois as equipes encontraram um pequeno criador que teve quatro reses furtadas. Durante as diligências foram apreendidas  duas espingardas. O caso do furto foi encaminhado para a Polícia Civil de Tartarugalzinho.

No dia seguinte, os policiais fizeram a apreensão de três motores (tipo rabeta), uma bateria e um botijão de gás, todos furtados no Rio Gurijuba e que estavam na comunidade do Jangadinha (Bailique). Os suspeitos foram conduzidos para a delegacia.

No último dia da operação, os policiais prenderam três pessoas na comunidade de Duas Bocas pelo crime de “abigeato”, que é o furto de animais. Foram apreendidos 4 quartos de búfalos. Os suspeitos foram apresentados na delegacia de Tartarugalzinho.

Os policiais abordaram mais de 40 embarcações nos 8 dias de operação, sempre em locais de difícil acesso.

Compartilhamentos