Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Inicia nesta terça-feira (25) a segunda edição do Festival Curta Teatro. A programação do evento este ano se estende até o sábado (29) e conta com mostra competitiva, debates, seminários, mesas redondas e oficinas. Todas as atividades são gratuitas e ocorrerão no Teatro das Bacabeiras e no Conselho Estadual de Cultura do Amapá.

O festival é organizado pela Companhia de Teatro Ói Noiz Akí, com apoio do Coletivo de Artistas Produtores e Técnicos de Teatro do Estado do Amapá (Captta).

A mostra competitiva reunirá este ano 13 grupos entre companhias, coletivos, produtores e artistas independentes que apresentarão nos dias 26, 27 e 28, espetáculos inéditos de teatro.

Mostra competitiva inicia na quarta-feira (26). Fotos: divulgação

Os experimentos serão apresentados no tempo entre 10 a 15 minutos com qualquer linguagem cênica. O Festival irá premiar os melhores processos em nove categorias: direção, concepção sonora, caracterização, dramaturgia, ator, atriz, ator coadjuvante e atriz coadjuvante. O melhor espetáculo leva o valor de R$ 3 mil em dinheiro e o Troféu Creuza Bordalo.

A mostra trará convidados especiais. No dia 26, estará no palco o espetáculo “Se deixar Ela canta” da Cia. Cangapé; para o dia 27, “Os Saltimbancos” da Cia. Ói Nóiz Akí; e no dia 28, “A Rainha do Rádio” da Esfera Produções Artísticas, de Santa Catarina.

Debates, seminários, mesas redondas e oficinas serão ofertados a partir desta terça-feira, 25, de forma gratuita.

Confira abaixo a programação.

 

ATIVIDADES FORMATIVAS

25 a 29 de Abril

Oficina: Elaboração de Projetos Culturais

Instrutora: Mariane Feil/ Esfera Produções Artísticas/ SC

Local: Teatro das Bacabeiras

Horário: das 09h às 12h

27 a 29 de Abril

Oficina: O Ator – Criador

Instrutora: Mariane Feil/ Esfera Produções Artísticas/ SC

Local: Teatro das Bacabeiras

Horário: das 14h às 18h

29 de Abril

Mesa Redonda: Dramaturgia Amapaense

Mediador: Joca Monteiro

Local: Conselho Estadual de Cultura do Amapá – CONSEC/ AP

Horário: 14h

Mesa Redonda: Memória Afetiva da Cena Tucujú

Mediador: Osvaldo Simões

Local: Conselho Estadual de Cultura do Amapá – CONSEC/ AP

Horário: 16

Roda de Conversa com Ammir Hadad/ Tá na Rua-RJ

Tema: Arte e Cultura enquanto bens públicos

Local: Conselho Estadual de Cultura do Amapá – CONSEC/ AP

Horário: 18h

MOSTRA COMPETITIVA (Teatro das Bacabeiras)

26 de Abril

18h30 – Espetáculo Convidado “Se deixar Ela canta” da Cia. Cangapé

19h – Solenidade de Abertura do II Festival Curta Teatro/ Homenagem a Celso Dias

19h30 – Processo/ Experimento Cênico “Íntimo” de Alan Gomes

19h55 – Processo/ Experimento Cênico “Kamikaze” do Movimento Cultural Desclassificáveis

20h20 – Processo / Experimento Cênico “Uma voltinha romântica com o Espeto” da Cia. de Arte Tucujú

20h55 – Processo / Experimento Cênico “A cena da cena” da Cia. Supernova

21h20 – Processo / Experimento Cênico “Um louco amor” da Companhia de Teatro Ribaltas

27 de Abril

19h – Espetáculo Convidado “Os Saltimbancos” da Cia. Ói Nóiz Akí

20h – Processo/ Experimento Cênico “O mercador de contos” da Cia. Cangapé

20h25 – Processo/ Experimento Cênico “Entre Seres” da Cia. Trecos InMundos

20h50 – Processo/ Experimento Cênico “A história do antigamente” do Movimento Cultural Desclassificáveis

21h20 – Processo/ Experimento Cênico “Novo Amanhecer” do Grupo de Teatro Pirlim Pimpim

28 de Abril

19h- Processo/ Experimento Cênico “Como carniça urubus…ou Decomposição cênica” da Cia. de Arte Tucujú

19h25 – Processo/ Experimento Cênico “Uma flor para Margarida” da Cia. Os Paspalhões

19h50 – Processo/ Experimento Cênico “Não falem em nosso nome” do Grupo Metamorfoseando e Andando

20h20 – Processo/ Experimento Cênico “A mulher do fim do mundo” da Casa Circo

21h- Espetáculo Convidado “A Rainha do Rádio” da Esfera Produções Artísticas/ SC

Compartilhamentos