Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Policiais militares que estavam em diligências depois de um assalto flagraram três pessoas tentando furtar o carro de uma família que estava dormindo em casa. Dois dos infratores têm apenas 12 anos.

Por volta das 4h30min da madrugada desta quarta-feira, 5, uma equipe do 6º Batalhão da Polícia Militar estava em patrulhamento no Bairro São Lázaro, na zona norte de Macapá, procurando suspeitos de participar de um assalto no Bairro Santa Rita.

Ao passar pela Avenida José Ferreira do Amaral, os policiais viram o portão de uma casa semiaberto e decidiram averiguar. Quando desceram da viatura, viram várias pessoas dentro do carro que estava estacionado na garagem.

Os policiais deram voz de prisão e os elementos tentaram fugir correndo, mas foram logo alcançados. Para a surpresa dos policiais, dois ainda são meninos.

“Pela lei, com 12 anos ainda são considerados crianças. Não podemos perder a esperança. A nossa parte foi feita, pois mais uma família não teve seus bens furtados. Agora fica a cargo das autoridades fazer o acompanhamento das famílias para tentar mudar o caminho dessas crianças”, comentou o aspirante a oficial, Elison, do 6º BPM.

"pela lei ainda são crianças". Fotos: Olho de Boto

“Pela lei ainda são crianças”. Fotos: Olho de Boto

Os garotos estavam na companhia de Juliano Vitor da Silva Ferreira de Sousa, de 18 anos, e já haviam furtado um celular da residência. Na foto acima ele está de camisa vermelha dentro da viatura da PM.

Como ainda são considerados crianças, os menores foram apesentados no Conselho Tutelar da Zona Norte e os pais foram chamados. O maior foi para o Ciosp do Pacoval.

Compartilhamentos