Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

O Dia Mundial do Sorriso foi marcado pela seleção de novas pessoas que irão participar do projeto Dentistas do Bem este ano. A triagem aconteceu nesta sexta-feira (28), na orla do Complexo do Araxá, zona sul de Macapá.

Todos os anos, no dia 28 de abril, dentistas voluntários de Macapá e de mais 300 cidades no Brasil e de mais 10 países da América Latina e Portugal, fazem a maior triagem de pacientes bucal do mundo. O objetivo é fazer a pré-seleção de adolescentes de 11 a 17 anos que serão inseridos no projeto.

Atendimentos gratuitos atraíram público em busca de saúde bucal. Fotos: André Silva

O dentista voluntário preenche uma ficha onde são especificados os problemas dentários e a classe social do paciente. Depois disso, as ficha são encaminhadas para uma sede da instituição no Brasil onde os adolescentes são selecionados e depois encaminhados para dentistas que irão prestar atendimentos de forma gratuita até os 18 anos.

A coordenadora do projeto no Amapá, Daiz Nunes, falou que desde o início do projeto na capital, há cinco anos, o maior problema é encontrar voluntários para o projeto.

“Hoje no Estado há 70 voluntários cadastrados, quando o necessário seria o dobro disso”, enfatizou.

Daiz Nunes: há necessidade de mais voluntários

Ela pontua que qualquer dentista pode participar do projeto, basta acessar a pagina da instituição, www.tdb.org.br e preencher um formulário de inscrição.

A técnica em enfermagem, Dori Machado, de 34 anos, estava acompanhando a filha Laura Alice, de 13 anos.

“Projetos como esses nos ajudam a cuidar da saúde de nossos filhos”, enfatizou.

Mãe leva filha para participar da triagem

No ano passado, mais de 300 pacientes foram atendidos. Este ano a meta é mandar mais de 400 formulários.

A triagem aconteceu de 9h às 16h, em frente ao Ministério Público do Amapá que esse ano foi parceiro do projeto.

Compartilhamentos