Compartilhe

CÁSSIA LIMA

Como é tradição na Semana Santa o consumo de peixes, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) anunciou 7 pontos de venda de pescado em Macapá pelo projeto Peixe Vivo. O alimento será comercializado pelo preço de R$ 10 por quilo.

A venda inicia a partir de quinta-feira, 6, com peixes das espécies tambaqui, pirapitinga e tambatinga. O projeto continua nos dias 8, 9, 11 e 13 de abril, começando sempre às 7h30min com o preço tabelado.

Peixes são de criadouros do Distrito do Coração, Fazendinha e KM 21. Fotos: ascom/PMM

Peixes são de criadouros do Distrito do Coração, Fazendinha e KM 21. Fotos: ascom/PMM

“Nosso programa absolve a produção dos moradores do Coração, Fazendinha e km 21. Buscamos fazer esse fomento aos produtores locais, assim como, buscamos ofertar peixe de qualidade, inspecionado e de baixo custo”, ressaltou o secretário de desenvolvimento econômico, Lucas Abrahão.

Na edição deste ano, o projeto contempla as feiras dos bairros dos Congós, Marabaixo, Laguinho, Zerão, Infraero, Buritizal e Santa Inês. Todo o pescado foi inspecionado por equipes da Diagro e prefeitura de Macapá.

Pescado foi inspecionado para produto chegar com qualidade nas feiras

Pescado foi inspecionado para produto chegar com qualidade nas feiras

O projeto vai se estender, assim como em outros anos, depois da Páscoa. A meta é que seja realizado mais 12 edições em dois pontos da cidade até dezembro.

Locais de comercialização durante a semana santa:

06/04 (quinta-feira) – local: Canteiro da Claudomiro de Moraes com a Sétima do Bairro do Congós.

08/04 (sábado) – local: Arena do Marabaixo III.

08/04 (sábado) – local: Praça Chico Noé no Bairro do Laguinho.

09/04 (domingo) – local: Escola Estadual Antônio Castro no Bairro do Zerão.

11/04 (terça-feira) – Local: Céu das Artes no Bairro Infraero II.

13/04 (quinta-feira) – local: Residencial São José, Bairro Buritizal

13/04 (quinta-feira) – local: Praça do Santa Inês.

Compartilhe