Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

A mudança da lua crescente para lua cheia no Amapá, que ocorrerá na madrugada do dia 11 de abril, influenciará no nível da maré dos rios em alguns municípios do Estado. É o que informa nesta quarta-feira, 5, o Núcleo de Hidrometeorologia e Energias Renováveis (NHMET) do Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Amapá (Iepa).

Segundo o Iepa, a mudança da fase lunar ao coincidir com fortes chuvas, pode alterar de forma significativa o nível dos rios que banham municípios como Calçoene, Ferreira Gomes e Vitória do Jari, o que pode causar em inundações.

Iepa

Nível da maré dos rios será afetado com mudança de fase lunar, avalia NHMET. Foto: Secom/divulgação

O NHMET estima que haja ocorrência de chuva mais fortes em áreas pontuais do estado nos próximos dias, principalmente na região Norte, que abrange Oiapoque, Calçoene, Amapá, Pracúuba e Tartarugalzinho.

Porém, no dia de mudança de fase da lua, a previsão é que não deve haver pancadas de chuva capazes que causem agravamento na situação dos municípios afetados e monitorados pela Defesa Civil Estadual.

“Sempre nesses períodos de fases maiores, a lua atrai tudo para si no globo terrestre. Esta atração se torna mais visível na superfície liquida, por isso que as marés tendem a ser mais elevadas nas luas cheia e nova. Para 11 de abril não está previsto volume preocupante de chuvas. Nos dias 10 e 11, a maré alta deve apresentar-se em 3,2 metros”, explicou o meteorologista do NHMET, Daniel Neves.

Na próxima sexta-feira, 7, o Núcleo emitirá nova previsão acerca dos dias 10, 11 e 12 de abril. A margem de confiabilidade é acima de 95%.  No decorrer do mês de abril, deve chover diariamente em torno de 15 a 50 milímetros em todo o estado.

Foto destaque: Márcia Carmo

Compartilhamentos