Compartilhe

DA REDAÇÃO

O Santos-AP terá todos os seus titulares em campo no primeiro jogo da semifinal da Copa Verde que ocorre neste sábado, 15, às 19h30, no estádio Castelão, em São Luís (MA).

O mata-mata entre as duas equipes inicia na capital do Maranhão porque o estádio Zerão, casa do Peixe da Amazônia, tem capacidade de público inferior ao permitido pelo regulamento da competição de 10 mil pessoas.

Peixe da Amazônia fez história eliminando o Remo com goleada nas quartas de final. Fotos: Erich Macias

Peixe da Amazônia fez história eliminando o Remo com goleada nas quartas de final. Foto: Erich Macias

O presidente do clube amapaense, Luciano Marba, Lamentou a imposição da CBF.

“Da última vez foi uma decisão minha mudar o campo do jogo, porque nós estávamos precisando de dinheiro. Dessa vez foi uma imposição da CBF. Eu queria jogar em Macapá” disse Marba.

Mesmo jogando longe de casa, o dirigente garante que  o time está motivado para avançar no torneio que reúne equipes das regiões Norte e Centro-Oeste do país.

“Estamos com todos os 22 jogadores aqui. Vamos jogar do mesmo jeito que jogamos contra o Remo em Macapá”, afirmou.

Luciano Marba:

Luciano Marba: desejo era jogar em Macapá. Foto: arquivo/SELESNAFES.COM

A disputa por uma vaga na grande final será decidida na terça-feira, 18, no Mangueirão, em Belém. O vencedor de Santos-AP e Paysandu enfrenta quem se classificar na outra semi, disputada entre Rondoniense-RO e Luverdense-MT.

A partida deste sábado será apitada pelo árbitro Dyorgines Jose Padovani de Andrade. Ele será auxiliado pela dupla Fabiano da Silva Ramirez e Ramires Santos Candido. O trio é do Espírito Santo.

Confira abaixo as escalações dos dois times.

Santos

Axel; Diego, Diney, Jaferson, Lessandro; Balão Marabá, Bruno Lopes, Rafinha; Luciano, Fabinho.

Técnico: Elcio do Rosário Perereca.

Paysandu

Emerson; Ayrton, Perema, Gilvan, Hayner (Willian Simões), Wesley, Rodrigo Andrade, Diogo Oliveira (Daniel Sobralense), Wilkerson, Alfredo (Bergson), Leandro Carvalho.

Técnico: Marcelo Chamusca.

Foto destaque: Fernando Torres (ascom Paysandu)

Compartilhe