Compartilhamentos

SELES NAFES

As rodovias que ligam Macapá, Santana e Mazagão são a prioridade no esquema de fiscalização do Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE) durante o feriado da Semana Santa.

A Duca Serra e a JK foram escolhidas por razões óbvias, são as maiores cidades. Mas Mazagão entrou na programação com maior atenção por conta do aumento do fluxo, especialmente de visitantes depois da inauguração da ponte sobre o Rio Matapi. Além disso, Mazagão passou a ser atalho para Laranjal do Jari.

Outra preocupação é a Rodovia AP-440, que liga a Duca Serra a BR-210.  

“Não queremos impedir as pessoas de irem para os seus terrenos, mas não podem achar que o carro de passeio é uma van onde cabe toda a família. Num carro de cinco pessoas querem levar até 8 pessoas, especialmente crianças”, alertou o comandante do BPRE, capitão Rondinele Marques.  

Fiscalização na rodovia para Mazagão foi intensificada

Fiscalização na rodovia para Mazagão foi intensificada

O BPRE dividiu a fiscalização em dois momentos. Nos primeiros dias o objetivo foi orientar e focar na inspeção veicular, checando documentos, cinto de segurança, e outros detalhes.

A partir deste sábado, 15, o combate a alcoolemia será intenso.

“Tem gente bebendo e apostando na sorte achando que não vai ser abordado pelo Estado que conta não só com o BPRE, mas também com o BPTran e as equipes da Lei Seca”.

Na Semana Santa do ano passado, 6 motoristas foram flagrados dirigindo sob efeito de álcool. Em três casos, o índice de álcool no sangue estava muito acima do tolerado e os condutores foram conduzidos para a delegacia de polícia.

Ainda no feriado de 2016, o BPRE realizou 1.029 abordagens de veículos, a maioria motocicletas, e 301 autuações em vários artigos. Foram registrados 10 acidentes, em 4 houve vítimas feridas. 

Há dois meses não são registrados acidentes com vítimas fatais nas rodovias estaduais.

Compartilhamentos