Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Agentes penitenciários surpreenderam detentos do pavilhão provisório do Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen), e fizeram uma grande apreensão de materiais proibidos, a maioria armas improvisadas.

A revista de rotina ocorreu na tarde de segunda-feira (22) em duas celas do Pavilhão P3, onde ficam os presos que ainda não foram condenados. Foram encontrados 14 estoques, três facadas, 106 papelotes de drogas e quatro celulares.

A entrada de materiais proibidos no Iapen ainda é um desafio para os agentes, que contam apenas com a coragem e o trabalho de inteligência.

Estoques, facas e drogas com presos ainda sem condenação. Foto: GTP

“Estamos esperando a contratação de mais servidores e equipamentos para melhorar o monitoramento. Hoje só temos câmeras na frente da cadeia. Não tem como expandir esses equipamentos pros pavilhões onde, infelizmente, ainda ocorrem essas situações”, comentou uma fonte do Iapen.

A Secretaria de Justiça e Segurança Pública do Amapá (Sejusp) anunciou no ano passado um plano de investimento de R$ 44 milhões para o sistema carcerário.

Compartilhamentos