Compartilhamentos

De Oiapoque, HUMBERTO BAÍA

O ponto alto da festa de comemoração do aniversário de Oiapoque será nesta segunda-feira (22). O município, que completa 72 anos, terá a eleição da mais bela da festa, desfile de beleza que também já é tradição nos aniversários da cidade, localizada no extremo norte do Amapá. Para fomentar aumentar a circulação de dinheiro no comércio local, a prefeitura antecipou o pagamento dos servidores municipais. 

As comemorações do aniversário da cidade começaram na última sexta feira (19) com a noite gospel e apresentação de grupos de dança das aldeias da região. No sábado (22), várias bandas fizeram a animação da noite. 

Comércio informal se preparou para o festejo. Fotos: Humberto Baía

Artesanato local é um dos atrativos da festa que encerra nesta segunda

De vila para município nos anos 1940

Nesta terça feira (23), Oiapoque estará comemorando 72 anos de criação. Martinica, o primeiro nome da cidade, era uma pequena vila que foi elevada à categoria de município em 1945. A vila ficou na memória de quem chegou na cidade ainda no fim dos anos 40, como a família de Valdomiro Lima, de 83 anos. 

O morador pioneiro relata que morava na Ponta do Cheiroso e que a cidade só tinha duas ruas: a Barão e a Beira Rio. 

 

Vilarejo de Martinica virou Oiapoque em 1945. Foto: reprodução

De la pra cá, a cidade cresceu e seus problemas também. O abastecimento de água potável atinge menos de 10% do município. A energia ainda é fornecida de forma precária e apagões são constantes.

A malha asfáltica atualmente está bastante afetada com as chuvas. A BR-156, principal via de acesso ao município, está um caos. O governo do Estado e Dnit anunciaram o começo das obras de pavimentação apenas na estiagem, que começa depois do mês de julho.

Cidade ainda enfrenta desafios nas áreas sociais

Entrevista

Atualmente Maria Orlanda Marques Garcia é a atual prefeita de Oiapoque. O portal SELESNAFES.COM conversou com a prefeita.

Prefeita, apesar de crise financeira e política vale a pena comemorar?

Sim, o povo não tem culpa de atos isolados de alguns políticos. Por outro lado, temos o que comemorar por estarmos em um município estratégico, principalmente pelo avanço no turismo.

Prefeita Maria Orlanda durante a festa de aniversário da cidade

Um dos principais desafios é a entrega da Praça Hercílio Crescêncio? O que aconteceu?

Há sete anos esta obra vem se arrastando. É uma questão de honra entregar para a população a praça. A empreiteira abandonou os trabalhos, mas já estamos trabalhando junto ao GEA para acelerar esse processo.

A saúde também sempre foi e é um problema para gestores o que a senhora está fazendo para melhorar este serviço?

Hoje estamos promovendo ações de prevenção, consultas médicas e imunização durante o festejo de aniversário da cidade. Nossa meta é levar ações da saúde para todas as localidades e, atualmente, estamos implementado o tratamento fora de domicílio. Será uma ajuda de custo para as famílias que buscam tratamento na capital.

Compartilhamentos