Compartilhamentos

SELES NAFES

Pela primeira vez uma corrida de rua vai mobilizar os dois lados da fronteira do Amapá com a Guiana Francesa. A corrida, marcada para o dia 27 de maio, terá largada e chegada na Ponte Binacional, passando por dentro do território francês.

A ideia, muito bem recebida pela Polícia Francesa (PAF), foi do delegado da Polícia Civil de Oiapoque, Charles Corrêa.

“A corrida é festiva para consagrar a cooperação policial e administrativa entre as duas nações, e é uma corrida da amizade para ser um evento histórico na fronteira. A ponte simboliza toda essa amizade”, explicou o policial.

A corrida terá 350 vagas, metade para brasileiros e a outra metade para franceses. Também não há taxa de inscrição.

“Já temos 30 patrocinadores, e a corrida está sendo inteiramente bancada por eles”, informou o delegado.  

Nesta primeira corrida, apenas servidores públicos brasileiros e franceses poderão participar. Do lado brasileiro devem correr policiais federais, militares, civis, funcionários da Receita Federal, fiscais do Ibama, ICMbio e servidores de outros órgãos.

O percurso terá 5 quilômetros e será circular, partindo do meio da Ponte Binacional, entrando em território francês e voltando para o meio da ponte.

Delegado Charles Correa é o organizador da corrida. Foto: Humberto Baía

Os 10 troféus que serão dados aos cinco primeiros colocados nas categorias masculino e feminino estão sendo confeccionados em São Paulo junto com as medalhas. As camisas estão sendo fabricadas em Belém.

“No segundo semestre, na estiagem e com a estrada (BR-156) em melhores condições nós faremos uma corrida bem maior e aberta ao público geral”, adiantou o delegado Charles Corrêa.

No final da corrida, haverá uma grande churrasco para todos os participantes e patrocinadores.

Compartilhamentos