Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Um detento que estava de licença especial para o Dia das Mães foi assassinado a golpes de terçado na madrugada desta quinta-feira (11), no Distrito do Igarapé da Fortaleza, município de Santana.

O homicídio ocorreu às 4h30min, na Passagem Monte das Oliveiras. Parentes informaram ao portal SELESNAFES.COM que a vítima vinha da casa de uma tia quando teria encontrado com dois rapazes que o convidaram para beber.

“Foi uma casinha que eles armaram para ele. Esses dois que mataram são acostumados a ficar roubando aqui. São parentes da mulher que mora na casa ao lado. Disseram que ele (a vítima) queria roubar, mas como se não tem nenhum sinal de arrombamento? Ele gostava de tomar o goró dele, mas era de boa. Tem passagem pela polícia, mas isso não vem o caso”, disse o irmão da vítima, Emerson Farias.

Detento caiu fora da casa. Muito ferido, morreu ainda no local. Fotos: Olho de Boto

Equipe da Politec remove corpo no início da manhã

A vítima foi identificada como Wenderson Farias Pinheiro, de 27 anos. Ele cumpria pena no Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen), mas o crime não foi informado pela PM.  O detento tinha sido liberado para passar o Dia das Mães com a família. Segundo o irmão, os dois trabalhavam juntos na construção civil, sendo que a vítima era ajudante de pedreiro.

Entretanto, a Polícia Militar, tem outra versão para o que ocorreu. Segundo relatos de moradores de uma residência, Wenderson Pinheiro, conhecido também como ‘Tio Dário”, entrou duas vezes na residência para furtar objetos da casa. Na terceira vez em que entrou, foi surpreendido pelos moradores. 

Cabo Anildo: invasão de residência

Um dos terçados foi encontrado no local pelos peritos

“Ele tentou entrar várias vezes. Na terceira ele conseguiu entrar e pegar uma televisão. Os moradores ouviram o barulho e acordaram para ver o que estava acontecendo. Ele (Wenderson Pinheiro) se escondeu no banheiro e atingiu o filho da dona da casa na cabeça com um terçado”, relatou o cabo Anildo, do 4º Batalhão da PM.

Segundo a polícia, houve luta corporal dentro da residência entre a vítima e os dois irmãos que se armaram com terçados. Ferido, Enderson Pinheiro ainda teria tentado fugir, mas caiu para fora da residência já agonizando.

Os dois irmãos, de 20 e 24 anos, fugiram do local, mas a polícia foi informada que eles serão apresentados na 1ª Delegacia de Polícia acompanhados de um advogado.

Compartilhamentos