Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

Várias mudas de plantas colocadas pela Prefeitura de Macapá em canteiros espalhados na cidade estão sendo roubadas. A divisão de paisagismo da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semam) calcula que o prejuízo já chega a quase R$ 1 mil.

O ponto mais crítico está na rotatória da Avenida Treze de Setembro, esquina com a Rua Claudomiro de Moraes. De lá já foram levadas mudas e algumas placas de grama que custam em média R$ 15 por metro quadrado.

O diretor de Paisagismo e Urbanismo da Semam, Márcio Pimentel: quantidade furtada impressiona. Fotos: André Silva

O diretor de Paisagismo e Urbanismo da Semur, Márcio Pimentel, explica que o trabalho de paisagismo vem acontecendo desde o ano passado e que o sumiço de uma ou duas mudas é normal e podem ser repostas sem problema, mas a quantidade que sumiu desta vez impressiona.

“Para nossa surpresa as mudas mais caras que colocamos lá que foram as Cróton, que são mais bonitas e chamativas visualmente, foram roubadas. Das 24 que colocamos, no primeiro dia levaram cinco, então foram repostas e quando voltamos lá já tinham levado mais cinco”, relatou.

Ao todo foram levadas as 10 mudas que tiveram que ser substituídas por uma outra espécie. Cada uma custa em média R$ 35. Ele explica que essa espécie não é produzida no horto de Macapá, por isso tiveram que ser compradas.

Algumas mudas não são produzidas em Macapá, por isso foram compradas

Na Avenida Pedro Lazarino o trabalho está avançado e quem passa por lá pode apreciar as belas plantas que foram usadas para ornamentar o espaço.

“Gosto muito de passar e ver que a nossa cidade está sendo bem cuidada”, comenta a professora Lourdes Santana, moradora do Bairro Santa Inês, na zona central da capital.

Compartilhamentos