Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Morreu neste domingo (28) o empresário Osvaldo Coelho Bernardo, de 39 anos, dono da empresa Bernacon. Ele estava internado em estado gravíssimo desde o capotamento da última sexta-feira (26) que matou na hora a universitária Marcelina Kobayashi, de 24 anos.

O acidente ocorreu na BR-156, no Distrito do Maruanum, na zona rural de Macapá, no fim da tarde. A picape Hillux, dirigida pelo empresário, trafegava no sentido Macapá/Jari quando capotou em uma reta num trecho considerado perigoso pela Polícia Rodoviária Federal, que acredita em excesso de velocidade.

A estudante de nutrição foi arremessada do carro e morreu no local. O empresário foi levado consciente por uma ambulância do Samu até o Hospital de Emergência, de onde foi transferido logo em seguida para a UTI do Hospital São Camilo.

Bombeiros tentam reanimar a estudante que estava em parada cardíaca

Estudante morreu ainda no local. Ela era de Laranjal do Jari, mas estudava em Macapá

Por volta de meio dia deste domingo, o óbito foi confirmado pelo hospital. O delegado de plantão no Ciosp do Pacoval, Leandro Totino, solicitou à Polícia Técnica do Amapá (Politec) a remoção do corpo.

A Bernacon  era investigada pela Polícia Federal na Operação Créditos Podres. O empresário também era presidente do Sindicato das Empresas de Asseio do Amapá, que, em nota, lamentou a morte de Osvaldo Coelho e destacou que ele foi importante para resgatar a credibilidade da entidade. 

Compartilhamentos