Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Na terceira edição da Escala Brasil Transparente, divulgada pelo Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU), dos municípios amapaenses, apenas a capital Macapá aparece entre as cidades mais bem colocadas no ranking com nota 7.22.

Do 27º lugar entre as capitais no último levantamento, Macapá pulou para o 20º no ano de 2016. Entre todos os municípios, a capital amapaenses ocupa a posição 379. Ao todo, 8 dos 16 municípios do Amapá estão com nota zero.

O Estado também não pontua na avaliação, feita entre junho e dezembro de 2016, antes que o governo regulamentasse a Lei de Acesso à Informação (LAI), em março deste ano.

Das demais cidades do Estado, Itaubal tem a segunda maior nota com 2,5. Calçoene, Ferreira Gomes, Mazagão e Pedra Branca do Amapari pontuam 1,94. O último município a pontuar é Pracuúba, com nota 1,38.

Imagem: CGU

O estudo examinou o cumprimento da LAI em 26 estados, no Distrito Federal e em 2.328 (dois mil trezentos e vinte e oito) municípios brasileiros. Apenas 17% do total tiveram nota acima de sete.

De acordo com o ouvidor-geral do Município, Magdiel Ayres, de 2015 até a última rodada de avaliação já se avançou muito. Ele usa como exemplo o fato de hoje as pessoas poderem acompanhar as licitações online.

“Mas o que realmente conta para a CGU é o tempo e a qualidade que damos as respostas para a população. Atualmente, demoramos em média oito dias para responder as solicitações. Mas estamos em busca da excelência no cumprimento da Lei de Acesso à Informação. Nossa meta é responder em 48 horas e já estamos trabalhando para isso”, destacou.

Compartilhamentos