Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Um oficial da Polícia Militar que estava de folga conseguiu prender um homem de 27 anos acusado de roubar clientes de um estabelecimento comercial. O acusado, que estava armado com uma pistola, recebeu um tiro na perna depois de reagir à voz de prisão.

O crime ocorreu no fim da tarde desta terça-feira (2), por volta das 17h30min, na Avenida Pará, no Bairro Perpétuo Socorro, zona leste de Macapá.

De acordo com a PM, Cedrik Max Silva de Souza e um comparsa haviam acabado de praticar o roubo a um estabelecimento comercial e estavam em fuga quando foram interceptados pelo tenente. As vítimas tinham sido rendidas com uma pistola 765. Bolsas e mochilas de clientes foram levadas.

Criminoso foi atendido no HE e não corre o risco de morrer

A dupla estava de bicicleta, mas não foi muito longe. O oficial decidiu agir.

“Ele solicitou o apoio do 190 e ordenou que o infrator largasse seu armamento e se rendesse. Ele desobedeceu e apontou a arma para o oficial. Houve o acompanhamento tático (perseguição) até a Rua São José onde o criminoso apontou de novo ameaçando atirar. Para resguardar a vida de outras pessoas o oficial disparou”, explicou o aspirante Carlos Morais, do 6º Batalhão da PM. 

Cedrik Max caiu com a bicicleta. O criminoso foi socorrido por uma ambulância do Corpo de Bombeiros e levado até o Hospital de Emergência de Macapá. Ele não corre risco de morrer. O comparsa conseguiu fugir. Cedrik Max já tem passagem por assalto praticado em Belém (PA).

Compartilhamentos