Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

Continuando as comemorações do Centenário da Assembleia de Deus no Amapá foi lançado o selo comemorativo da instituição evangélica nesta terça-feira (27). O selo lançado pela Assembleia Legislativa (Alap) junto com os Correios, em sessão solene, faz homenagem à chama viva do evangelho.

A arte do selo é assinada pelo artista plástico Adauto Brito, um dos mais respeitados designers do Amapá e que também compôs o brasão comemorativo do centenário.

“Esse faz parte de mais um marco histórico do ciclo comemorativo desse centenário da Assembleia de Deus. Esse selo comemora a história dos nossos pioneiros e do legado de trabalho dos assembleianos” destacou o pastor Iaci Pelaes, que também é coordenador da programação do centenário.

Selo dos 100 anos da Assembleia de Deus

Pr. Oton Alencar: selo resgata história da pregação do evangelho no AP

O selo é considerado simples e possui uma chama bem ao meio representando o fogo vivo do evangelho pregado pelos pastores pioneiros que há 100 anos chegaram em pequenas embarcações para espalhar a boa nova.

A arte será utilizada em correspondências enviadas tanto pela Assembleia de Deus quanto pela Alap, além de estar disponível para colecionadores nos Correios.

“Agradecemos por todo o reconhecimento. São 100 anos de história, pregação do evangelho e contribuição para o Estado do Amapá que será eternizado de forma significativa em um selo”, ressaltou o pastor Oton Alencar, presidente da Assembleia de Deus – A Pioneira.

Lançamento do selo na Alap. Fotos: Cássia Lima

Pr. Iaci Pelaes: comemoração da história dos pioneiros

Além de A Pioneira, também há no Amapá, a Assembleia de Deus – Igreja do Avivamento, presidida pelo pastor Ézer Chagas; Assembleia de Deus Madureira de Macapá, gerenciada pelo pastor Gerson Mattielo; Assembleia de Deus Zona Norte, sob liderança do pastor Dimas Rabelo. Em Santana, Assembleia de Deus – Santana, conduzida pelo pastor Lucifrancis Barbosa.

Foto de capa: ascom/Assembleia de Deus

Compartilhamentos