Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Uma policial militar do Amapá decidiu não arriscar para esperar a chegada da equipe do Corpo de Bombeiros. Temendo pela vida da mãe e de um bebê, ela decidiu fazer o parto de uma moradora no Bairro Brasil Novo, na zona norte de Macapá.

A ocorrência foi a 1h da madrugada desta quarta-feira (21). Uma equipe do 2º BPM estava em patrulhamento no bairro quando foi chamada por um morador afirmando que havia uma mulher gestante em uma residência e com fortes dores.

Quando a equipe entrou na residência encontrou a gestante, de apenas 22 anos, já em trabalho de parto. A cabo Franciane Souza não pensou duas vezes: mesmo depois de acionar o socorro médico, ela viu que não havia outra alternativa se não conduzir o nascimento.

Jovem de 22 anos recebe bebê nos braços após o parto tenso. Fotos: PM/Divulgação

O parto foi arriscado. De acordo com informe da PM, a criança estava com o cordão umbilical preso em volta do pescoço, o que representava perigo para o recém-nascido.

A cabo Franciane retirou a criança e o cordão umbilical do pescoço,  e, para alívio de todos, o bebê nasceu sem maiores problemas. Logo após o nascimento, uma equipe do Corpo de Bombeiros chegou ao local e constatou que a mãe e a criança estavam bem.

As duas foram levadas de ambulância para a Maternidade Mãe Luzia, para receberem outros procedimentos necessários.

Equipe do Corpo de Bombeiros examina criança após momentos de tensão

Compartilhamentos