Compartilhamentos

De Santana, FERNANDO SANTOS

No último fim de semana o município de Santana, distante 17 quilômetros de Macapá, foi o local escolhido para a realização do Forrozão do Tio Gigante que abriu a quadra junina local. O evento considerado um sucesso pelos visitantes e pela organização, fez parte do projeto Cidade Junina que reuniu num só lugar a apresentação de quadrilhas, grupos folclóricos, comercialização de artesanato e shows.

Durante o evento, aconteceu o concurso de quadrilhas estilizadas e tradicionais. Centenas de pessoas acompanharam as apresentações que surpreenderam o público.

Disputa entre quadrilhas foi ponto alto do evento que continua essa semana. Fotos: Amilton Matsunaga

Arraial volta na quarta (28) em Santana

Andreia Santana, trouxe a filha Nicole, de 3 anos, para assistir e ficou deslumbrada.

“Foi tudo muito bonito e gostei do que vi. Minha filha prestava atenção em tudo e o que mais chamou a atenção dela foi as roupas das quadrilhas”, disse.

Para o Cidade Junina foram investidos cerca de R$ 145 mil, recursos do governo do Estado e da prefeitura de Santana, além do patrocínio de empresas privadas. Estima-se que mais de 10 mil pessoas prestigiaram a festa, por noite.

De acordo com Mario Brandão, coordenador de Cultura do Município, se cumpriu o papel de fomentar a cultura local.

“Os investimentos tiveram a destinação que deveriam ter. Todo o recurso foi investido com contratação de seguranças, equipamentos de transmissão de TV e internet, melhoria no sistema de iluminação da Avenida Santana, e pagamento de taxas e alvarás. Além de outros custos”, disse o coordenador.

Cidade Junina é realizado através de parceria entre prefeitura, governo e iniciativa privada

No que se refere à economia, os índices que vão apontar o que foi gerado nesses primeiros dias do Cidade Junina, ainda estão sendo apurados pela Câmara dos Dirigentes Lojistas de Santana (CDL/STN) e por um instituto contratado para a coleta de dados. O que se sabe é que o volume de vendas foi considerado bom.

“O parâmetro ainda não oficial é que as vendas nas barracas e com os vendedores informais foram boas. Com isso, temos a certeza de que estamos no caminho certo e mais renda será garantida nos próximos dias”, afirmou Mário.

O Cidade Junina prossegue a partir da próxima quarta-feira (28) com o Forrozão da Liga das Associações  Juninas de Santana (Lajs), onde vão ocorrer concursos de miss caipira tradicional e da terceira idade, além a apresentação de artistas locais.

Compartilhamentos