Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

A demora na definição da reforma administrativa da Assembleia Legislativa do Amapá (Alap) atrasa o lançamento do edital do concurso público da casa de leis. Segundo a comissão organizadora, a previsão é que o edital e o número de vagas para o certame seja anunciado somente em  novembro. A previsão inicial era primeiro trimestre de 2017.

A reforma administrativa da Alap tem previsão para o mês de agosto. A mudança vai estimar quantas vagas e quais cargos estarão disponíveis no concurso. Atualmente, as únicas vagas confirmadas são 60 para a Polícia Legislativa.

“Depois da reforma, vamos iniciar o processo de contratação de empresa que vai gerir o concurso. Nosso cronograma é lançar o edital ainda este ano e realizar as provas no início de 2018”, explicou o presidente da comissão organizadora do concurso, deputado Paulo Lemos (PSOL)

O primeiro e único concurso que a Alap realizou foi em 1992. Hoje, a Alap tem pouco mais de 1,2 mil funcionários comissionados e apenas 117 efetivos.  A folha de pagamento é de R$ 11 milhões, sendo que 90% é para pagamento de funcionários comissionados e apenas 10% de concursados.

“Ainda não temos definido o número de vagas e quais cargos porque depende da reforma. Mas nosso objetivo é reduzir esse número absurdo de cargos comissionados e reduzir nossa folha”, destacou o deputado.

Compartilhamentos