Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

A Polícia Civil de Macapá investiga a morte de um rapaz de 25 anos, numa área de pontes no Bairro do Zerão. O acusado é um ex-detento que teria conduzido o jovem até o local do crime.

O homicídio ocorreu por volta das 22h, na Avenida Eurico dos Santos Barbosa, no Bairro do Zerão, na zona sul. Segundo o que populares informaram à PM, a vítima estava na garupa de uma motocicleta vermelha quando o veículo parou na cabeceira da ponte.

De repente, o condutor sacou uma arma e disparou seis vezes contra o passageiro, que morreu minutos depois. Testemunhas disseram que o assassino, que ainda não foi identificado, é franzino e moreno.

PM e moradores no local do crime: vítima morreu antes de receber atendimento. Fotos: Olho de Boto

A vítima, Alan Borges Freitas, teve o óbito confirmado ainda no local. O pai dele disse para os policiais que o filho havia ligado para o motoqueiro que o apanhou em casa, no Bairros dos Congós.

O homem foi identificado inicialmente apenas pelo primeiro nome, Robson, e teria uma tatuagem. 

Mais tarde, a PM, divulgou que o acusado cumpre prisão domiciliar pelo crime de roubo. Ele ainda não foi preso. 

O delegado George Salvador, que investiga o caso, acredita em acerto de contas.

“A vítima era acusada de dois assassinatos. Está tudo muito no início, mas os dois se conheciam tanto é que saíram na mesma motocicleta”, comentou o delegado.

Compartilhamentos