Compartilhamentos

De Santana, FERNANDO SANTOS

Na manhã desta terça-feira (13), o governador do Amapá, Waldez Góes (PDT) e os secretários de Saúde e de Infraestrutura do Estado realizaram inspeção na obra do Centro de Nefrologia do Hospital de Santana, cidade a 17 km de Macapá.

De acordo com o governador, os serviços estão quase 100% acabados. A unidade vai beneficiar 64 pacientes renais crônicos, de Santana e Mazagão, que dependem cotidianamente de hemodiálise e dialise. A intenção é desafogar o Centro de Nefrologia da capital amapaense.

“Viemos acompanhar de perto todos os procedimentos, checando a questão da obra civil. Todo o prédio já está pintado, funcionando a parte elétrica, hidráulica, toda a parte de equipamentos. Posso dizer que toda a obra civil já está pronta, só alguns detalhes que ainda estão sendo feitos, como o procedimento de certificação da água a ser usada”, informou o governador do Amapá, Waldez Góes.

Estrutura atenderá dezenas de pacientes de Santana e Mazagão. Fotos: Fernando Santos

O governador informou ainda que mais de 90% da equipe que vai atuar na unidade já está treinada, mas que ainda existe um impasse sobre a carência de profissionais nefrologistas.

“Existe carência no Brasil de profissionais desta área de nefrologia, até porque temos médica de licença maternidade, tivemos o falecimento do Dr. (Antônio) Teles, e isso criou alguma dificuldade, mas os procedimentos já estão sendo tomados pelo governo através da Procuradoria Geral do Estado e pela Sesa”, ressaltou o governador.

Para o procedimento de hemodiálise foram instaladas 24 máquinas modernas, além de outros equipamentos de última geração.

Secretário de Saúde Gastão Calandrini: fim da obra ainda em junho

O secretário de Saúde do Amapá, Gastão Calandrini, estima para o fim do mês de junho a conclusão da obra.

“A nossa expectativa é entregar esta obra ainda no mês de junho. Nós estamos com toda a parte física concluída, equipamentos e mobília. A única pendência é a falta de especialistas. Com essa entrega vamos desafogar o Hcal”, explicou o secretário.

A obra da Nefrologia de Santana iniciou na gestão do governador Camilo Capiberibe (PSB), em 2014, mas no mesmo ano sofreu paralisação dos serviços. Em setembro de 2016 a obra foi retomada. Os investimentos do tesouro do Estado somam mais de R$ 1,7 milhão.

Compartilhamentos