Compartilhamentos

De Oiapoque, HUMBERTO BAÍA

Em Oiapoque, no norte do Amapá, uma dona  de casa para driblar a crise buscou acessória técnica no Sebrae com uma ideia na cabeça e a vontade de se tornar empresária. Depois de muita pesquisa, Marcia Ballarine encontrou um espaço no mercado ainda pouco explorado na região: a dos pets.

A dona de casa se formalizou e buscou capacitação em São Paulo e agora abriu em casa um salão para animais domésticos, um trabalho especializado em tosas e banhos. A empresária conta com apoio do marido, que é professor universitário e veterinário.

Marcia Ballarine: petshop organizará encontro de cães da fronteira. Fotos: Humberto Baía

Elenice Menezes, coordenadora do Sebrae em Oiapoque, diz que esse  mercado tem estimulado a abertura de empresas e capacitação de profissionais em todo o Brasil.

“Este mercado faturou 18 bilhões apenas no seguimento Ford, e 68% desse valor apenas com serviços, banho tosa e outras atividades. E o Brasil está em 3° lugar nesse deste ranking”, diz a consultora.

“Quero continuar expandindo o meu negócio. Já temos vacinas e alguns acessórios e em breve vamos oferecer também  ração”, diz a empresária Marcia Ballarine. 

Ela conta ainda que já está promovendo um grande encontro de cães da fronteira que acontecerá em agosto, que contará com a presença de uns dos maiores criadores  de cães do Amapá, Kennedy Souza.

Pit Bull que estará no encontro em agosto

Compartilhamentos