Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Mais 17 médicos de Cuba já estão em Macapá para iniciar o trabalho no programa de atenção básica do governo do Estado. Eles irão atuar em 5 municípios do interior.

As cidades a serem atendidas são: Mazagão, Cutias, Oiapoque, Porto Grande e Santana. O programa é gerenciado pelo governo do Estado e recebe profissionais do Mais Médicos, do governo federal. Com a nova turma, chega a 90 o número de profissionais espalhados pelos municípios.  

“Estamos iniciando o ano com a reposição dos médicos que tiveram que encerrar seu tempo de trabalho no Brasil, pois a previsão era que cada profissional atuasse na atenção primária das redes municipais por até três anos”, explica a gerente  estadual de Atenção Básica, Ellen Farias.

Os médicos também atuarão em aldeias indígenas.

“Entrar no programa Mais Médicos é algo gratificante que levaremos para toda a vida. Iremos trabalhar não pelo dinheiro, mas pela vontade de ajudar a todos que precisem de nossos serviços. Estamos ansiosos para saber como iremos ser recebidos no local onde iremos trabalhar, pois somos preparados cientificamente, mas sentimentalmente precisaremos da ajuda de todos que buscarem nossos serviços”, comentou a médica Alícia Lopez.

O Mais Médicos foi lançado em 2013 pelo governo federal.

Compartilhamentos