Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Foi lançado pelo governo do Estado nesta sexta-feira (21), em cerimônia no Palácio do Setentrião, o primeiro edital de Produção Audiovisual do Amapá.

A política pública de incentivo às produções do segmento foi assegurada por meio de parceria entre o GEA e a Agência Nacional de Cinema (Ancine). Serão investidos R$ 3 milhões em produções locais, sendo R$ 1 milhão de contrapartida do Estado e R$ 2 milhões acessados pela primeira vez do Fundo Setorial do Audiovisual, administrado pela Agência. 

“Este edital irá descortinar o Amapá, vai mostrar as nossas potencialidades culturais, turísticas. Este dia significa o dobrar da esquina da transformação, significa o início do desenvolvimento da indústria audiovisual no Amapá”, disse a produtora e documentarista Ana Vidigal, gerente do Museu da Imagem e do Som do Amapá (MIS) e interlocutora do edital.

Governador Waldez Góes junto com representantes do setor audiovisual. Fotos: André Rodrigues (Secom)

Segundo o governador do Amapá, Waldez Góes, as produções irão além de valorizar a cultura, fortalecer a economia local e oportunizar emprego e renda.

“A expectativa é que, entre trabalhos diretos e indiretos, sejam gerados mais de 1 mil empregos para a população do Estado do Amapá. Além disso, a produção local será divulgada em âmbito nacional e internacional”, destacou o chefe de Estado.

O governador anunciou ainda a previsão do lançamento de um novo edital para o próximo ano.

Edital

O edital prevê a seleção de 12 produções: 1 longa-metragem ficção, 2 séries documentário, 1 telefilme ficção, 1 telefilme documentário, 4 curtas-metragens documentário, 2 curtas ficção e 1 curta animação.

O certame exige também que 80% dos concorrentes devem ser amapaenses ou comprovar moradia no Estado há pelo menos dois anos. Outro requisito é que 90% de toda produção deva ser rodada no Estado, restando apenas 10% para ser rodada em outro local.

A comissão julgadora do certame será composta por profissionais cineastas de outros estados brasileiros. A previsão é que o edital esteja disponível para consulta no site do Governo do Amapá (www.ap.gov.br) na primeira semana do mês de agosto.

Compartilhamentos