Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

Municípios do interior do Amapá vão receber a partir do dia 21  de julho as caravanas das igrejas Assembleia de Deus (AD) para as comemorações do Centenário. São mais de 500 unidades religiosas espalhadas por todo o Estado com mais de 150 mil membros, segundo estimativa das lideranças da igreja no Amapá.  A peregrinação vai até outubro.

As festividades dão prosseguimento às comemorações que começaram em junho com a Marcha do Centenário, evento que reuniu mais de 4 mil pessoas na orla de Macapá, segundo a coordenação da festa.

Dia 24 de junho: Marcha do Centenário reúne 4 mil na orla. Fotos: André Silva

Apesar de o maior número de igrejas estar concentrado na capital, as cidades do interior são o maior foco da instituição que sempre investiu em missões religiosas. Depois de Macapá, os municípios com maior número de templos são: Santana, Laranjal do Jari e Oiapoque.

“É uma igreja que tem características de ir aonde as pessoas precisam. O nosso principal foco de trabalho nunca foi as capitais, apesar de que hoje o maior número de igrejas se encontrem aqui”, lembrou o pastor Rodrigo Lima, coordenador do Centenário.

A festa está sendo organizada em conjunto com os principais ministérios do Estado: Cemeadap, A pioneira, Avivamento e Zona Norte.

Vigília no dia 23 de junho no Templo Central da Pioneira

Compartilhamentos