Compartilhamentos

De Santana, FERNANDO SANTOS

A Defesa Civil de Santana, segundo mais populoso município do Amapá, está intensificando a fiscalização em cima de pessoas que usam pipas com linhas enceradas neste período de férias. Apesar de ser uma brincadeira, a combinação de cerol com cola aplicada na linha, já causou graves acidentes na cidade, inclusive com vítimas fatais.

Através da Lei Municipal de número 1.006/2013, é proibido o uso do cerol em qualquer região da cidade. Somente em uma semana de fiscalização, a Defesa Civil apreendeu mais de 200 pipas com 200 carretéis de linhas enceradas. Quase todas foram apreendidas em locais urbanos da cidade.

Brincadeira de férias pode significar risco com o uso do cerol. Fotos: Fernando Santos

“Estamos atuando em logradouros públicos como praças para fiscalizar o uso do cerol. A Prefeitura determinou que a Defesa Civil atuasse no sentido de coibir essa prática. Fazemos a apreensão, mas antes orientamos. Porém, no segundo momento o material é apreendido”, informou Antônio Castro, coordenador da Defesa Civil de Santana.

A Defesa Civil alerta ainda que quem descumpre a lei é multado no valor que chega até R$ 200.

“Além de multa, a pessoa é levada para delegacia para procedimentos necessários”, concluiu.

Todo material apreendido será incinerado.

Defesa Civil realiza trabalho de alerta e fiscalização no município

Compartilhamentos