Compartilhamentos

colaboração, GABRIEL PENHA

A comunidade de Mazagão Velho, através de sua associação cultural, divulgou a programação oficial da Festa de São Tiago 2017. Este ano uma das maiores manifestações religiosas e culturais do Amapá completa 240 anos – é realizada desde o ano de 1777, trazida da África pelos colonizadores da região, no século 18.

A festividade mistura rituais religiosos, cavalhada e teatro a céu aberto, para contar a aparição de Tiago como soldado anônimo que lutou ao lado dos seguidores de Jesus Cristo. É realizada pela comunidade local, com apoio do governo do Estado e prefeitura local; a programação inicia no dia 16 e vai até o dia 28, com ponto alto dia 25 de julho, dia de São Tiago.

Os detalhes da edição da festa já vêm sendo discutidos desde o início de junho, com todas as instituições envolvidas. Pelo menos quatro reuniões, três técnicas e outra ampliada com moradores locais, discutiram a organização do evento.

Teatro a céu aberto: tradição de 240 anos. Fotos: Gabriel Penha

Um dos pontos discutidos foi a preparação da vila de Mazagão Velho para receber o grande número de visitantes. Ainda foi deliberado sobre a disponibilidade de novos pontos para receber a praça de alimentação, além de uma nova área, mais ampla, para estacionamento. Também já foram definido outros pontos, como estruturas de palco, arquibancada e isolamento da área onde acontece a encenação teatral do dia 25 de julho, além do papel de cada esfera governamental para a realização da festa.

A Prefeitura de Mazagão fica responsável pela limpeza do distrito, além de garantir algumas atrações. O governo estadual também garantirá atrações, além do apoio com estruturas, vestimentas e outros materiais.

Imagem de São Tiago, soldado que virou santo

Segundo o presidente da Associação Cultural da Festa de São Tiago (ACFST), Elton Jacarandá Barreto, para esta edição o desafio de organizar a festividade será redobrado. Segundo ele, após a inauguração da Ponte do Matapi, em dezembro de 2016, o fluxo de pessoas em Mazagão Velho deverá, no mínimo, dobrar.

“Nossa vila vai ficar pequena para o grande fluxo de pessoas durante a festa. Ou seja, é preciso garantir que esse turista seja recebido da melhor maneira possível. Assim, se faz necessária a união de todos os órgãos envolvidos nessa organização”, analisa Elton.

Prefeitura e governo do Estado dividiram os custos da programação

Antes da abertura oficial, uma comitiva da Festa de São Tiago vai até Macapá, nos dias 13, 14 e 15 de julho, fazendo uma peregrinação com as imagens de São Tiago e São Jorge para Macapá, onde visita órgãos públicos e residências de mazaganenses e devotos de São Tiago radicados na capital. O translado é uma forma de intensificar a divulgação e reforçar o convite para a festividade.

A programação inicia no dia 16, com alvorada festiva. O ponto alto é no dia 25, dia de São Tiago, quando acontece o círio e a segunda parte da encenação teatral, que inicia no dia 24. Nos dias 28 e 28, as crianças têm uma festa particular, na qual repetem os mesmo rituais feitos pelos adultos.

 PROGRAMAÇÃO DA FESTA DE SÃO TIAGO 2017 – 240 ANOS

 16/07 – (Domingo):

4h – Alvorada Festiva
20h – Novena
21h – Arraial a cargo da Comunidade de Mazagão Velho, Ajudante, Carvão, Associação dos Agricultores e agricultoras de Mazagão Velho, Capela N.Srª.da Assunção, Comissão Igreja N.Srª da Assunção Mazagão; Rainildo do Carmo Elias Aguiar.

17/07 – (Segunda-feira):

18h30 – Novena (Famílias Queiroz e Videira).
20h – Arraial a cargo das escolas municipais e estaduais; Unidade Mista de Saúde; Liga Desportiva, Açougue Marajó, Comercial São Francisco, Comercial Cleyzer, Casa Santa Luzia, Jornal Folha de Mazagão.

18/07 – (Terça-feira):

18h30 – Novena (Famílias Torres e Penha)
20:00 h – Arraial a cargo da Fazenda Rancho Fundo, Pousada São Jorge, Distribuidora Brasileirinho, Distribuidora Beira Rio; Comercial Mazagão, Pousada São Tiago, Posto São Tiago, Peres Material de Construção, Capela São Jorge (sr. Leal); servidores municipais/estaduais e federais.

19/07 – (Quarta-feira):

18h30 – Missa

20h – Arraial a cargo de Raízes do Marabaixo Infantil, Comissão de N.Srª da Piedade, Grupo São Benedito, Grupo Flores do Marabaixo, Trans São Tiago, Trans Reis, Grupo São Sebastião, Foliões de São Benedito (tia Queiroz); Grupo Folclórico e Cultural do Ajudante; grupo Raimunda Cabeleira; Comissão de São Gonçalo.

20/07 – (quinta-feira):

18h30 – Novena (Família Silva e Barriga)
20h – Arraial a cargo da Família Barreto

21/07 –( Sexta-feira):

18h30h – Novena (Família Jacarandá)
20h – Governo do Estado do Amapá

22/07 – ( Sábado)

18h30 – Missa

20h – Cavalaria de São Tiago, Panificadora Joana Salete; Fazenda Jaguaruana; Vila Maranhense; CCMz (criadores de Cavalos de Mazagão); Casa Rural
23h30 – Baile Dançante

23/07 – (Domingo):

18h30 – Novena (Família Silveira)
20h – Arraial a cargo da Prefeitura Municipal de Mazagão e Câmara de Vereadores
23h30 – Baile Dançante

24/07 – (Segunda-feira):

4h– Alvorada Festiva
16h – Entrega dos Presentes
18h30 – Missa
21h30 – Baile de Máscaras

25/07 – (Terça-feira)

7h – Saída do Arauto convidando as figuras para o círio
8h – Missa solene em frente à Capela de São Tiago
9h – Início do círio
11h – Dança do Vominê para convidados e em residências locais
12h – Passagem do bobo velho
14h – Saída do arauto anunciando o início da batalha, com os seguintes episódios:

  • Descoberta do Atalaia
  • Morte do Atalaia
  • Armadilha (Emboscada feita pelos cristãos)
  • Captura e venda das crianças cristãs e partilha do dinheiro
  • Troca do corpo do Atalaia pela bandeira moura
  • Batalha entre mouros e cristãos, tomada do estandarte mouro e batalha final
  • Vominê (dança da vitória dos cristãos)

20h – Recírio
20h30 – Ladainha

26/07 – (Quarta-feira):

8h – Salve rainha em louvor a Santa Ana (procissão)
9h – Baile da melhor idade

27/07 – (Quinta-feira):

5h – Alvorada festiva e início da festa de São Tiago das crianças
16h – Entrega dos presentes
19h – Transladação do Santo e a novena
21h – Baile de Máscaras

28/07 – (Sexta-feira):

8h – Círio com Missa das Crianças

11h – Visitas nas residências locais

12h – Passagem do Bobo Velho.

16h – Batalha das Crianças.

20h – Recírio.

Compartilhamentos