Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

B-boys de todo o Brasil vão se encontrar em Macapá, na sexta-feira (28), para a final nacional do “Red Bull BC One Brazil Cypher”, um dos maiores campeonatos de hip-hop do planeta.

O governo do Amapá, que é parceiro do evento, reuniu os participantes e organizadores para fazer o lançamento oficial da competição em Macapá. O governador Waldez Góes confirmou investimento de R$ 142 mil no evento.

O Amapá será representado na final de sábado por 12 b-boys que serão selecionados um dia antes na “Batalha Amapá”, na sexta-feira (28), a partir das 9h, no Teatro das Bacabeiras.

Quem vencer a etapa nacional disputará a final mundial no dia 4 de novembro, na cidade de Amsterdã (Holanda).

Nesta quarta-feira (26), durante o lançamento do projeto, o presidente do Instituto Cultura Viva, Carlos Augusto, o “Zulu”, apresentou a estrutura montada nas partes externa e interna da Fortaleza de São José de Macapá para a final nacional.

Governador e b-boys: divulgação da Fortaleza. Foto: Erich Macias

A montagem seguiu orientações do Iphan. A parte interna está recebendo um palco e estrutura para espectadores, imprensa e autoridades; e parte externa terá dois telões para transmissão ao vivo.

“Este evento irá ajudar a divulgar a cultura do movimento, divulgar um dos pontos turísticos e cartão postal do Norte, sem deixar de cumprir as regras de preservação impostas pelo Iphan com a limitação de 500 pessoas no interior da Fortaleza”, explicou Waldez.

Na Batalha Amapá, estão confirmados até agora 23 competidores. Na final nacional haverá 40 b-boys de outros estados.

Os critérios de classificação dos eventos de sexta e sábado segue regras da Red Bull: musicalidade, originalidade, performance e presença de palco são avaliados.

“Eles terão o tempo livre para demonstrarem suas habilidades, geralmente nos primeiros 30 segundos já conseguimos analisar suas características e potencialidades”, explicou o b-boy, Jojô.

Compartilhamentos