Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Dos 426 beneficiários ausentes na primeira vistoria dos apartamentos do Conjunto Macapaba II, somente 146 compareceram na provável última chance de realizar o procedimento que garante a entrega dos imóveis, ocorrida na última terça-feira (11).

Com isso, 280 pessoas sorteadas para a última etapa antes da assinatura dos contratos ficaram em situação irregular e dependerão de decisão da Caixa Econômica Federal para regularizar ou não sua situação, segundo a Secretaria de Inclusão e Mobilização Social (Sims) .

A Sims informou também que a partir de agora, somente quem cumpriu com a etapa da vistoria poderá assinar os contratos. A previsão da secretaria é de que nos dias 18, 19 e 20 de julho seja divulgado o cronograma de assinaturas com a ordem da lista, horários e locais para o procedimento.

“Ainda não há previsão de que se terá mais uma oportunidade. Agora já entramos na fase de preparação para a assinatura dos contratos das unidades habitacionais”, informou a secretária de Inclusão e Mobilização Social, Nazaré Farias.

Ela explica ainda que a SIMS e a Caixa continuam a análise dos recursos da lista de não aptos.

“Existe um cadastro de reserva, desde o Macapaba I, cujas pessoas devem ser convocadas para assumir as unidades que não forem ocupadas por algum motivo, seja ausência na vistoria, problemas documentais ou outra pendência”, informou Nazaré Farias.

A entrega dos apartamentos do Conjunto Macapaba II está prevista para o fim deste mês de julho.

Foto de capa: Marcelo Loureiro (Secom)

Compartilhamentos