Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

Os vereadores de Macapá aprovaram esta semana a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) que prevê os gastos e investimentos do Município para 2018. A estimativa é que o orçamento seja de R$ 789 milhões para a prefeitura da capital. Mas a LDO deve sofrer alterações até o fim do ano.

O valor previsto para 2018 é menor que o de 2017, de R$ 850 milhões. A diminuição do orçamento ocorreu devido à crise financeira e os cortes no repasse de recursos do Governo Federal.

Vereadora Patriciana Guimarães: mudanças ainda podem ocorrer devido a receita. Fotos: Cássia Lima

Apesar dos valores estarem ajustados e terem sido aprovadas, o prefeito Clécio Luís ainda pode vetar as alterações feitas pelos vereadores. A LDO deverá ter números exatos até o fim de agosto, quando os vereadores retornam do recesso parlamentar.

“Não fizemos grandes alterações. Ao contrário, fizemos reduções e aplicamos as emendas dos vereadores. Mas existem percentuais que ainda podem sofrer mudanças devido a receita deste ano”, detalhou a presidente da Comissão Tributária, Financeira e Orçamentária (CTFO), Patriciana Guimarães (PRB).

Depois de aprovada, a LDO servirá de parâmetro para a Lei Orçamentária Anual (LOA), que irá dividir os percentuais de cada secretaria do governo da capital. 

Compartilhamentos