Compartilhamentos

De Santana, FERNANDO SANTOS

Famílias que vivem em regiões ribeirinhas do município de Breves reclamam de danos ao meio ambiente causados pelo Navio Ana Beatriz III, que faz linha Santana/Belém do Pará.

De acordo com os ribeirinhos das comunidades de Salvadorzinho, Rio Limão e Vieira Grande, a tripulação do navio sempre que passa na região despeja enorme quantidade de lixo que é produzido pelos passageiros da embarcação. São inúmeras sacolas com garrafas, copos plásticos, restos de comida, latas, entre outros.

Sacolas com grande quantidade de lixo são retiradas pelos ribeirinhos. Fotos: Fernando Santos

Tudo é flagrado pelos ribeirinhos que dependem da água do rio para a sobrevivência. Eles consomem e também utilizam o líquido para afazeres domésticos.

“As fotos provam o crime ambiental por parte das pessoas responsáveis em descartar essa porcaria no rio onde vivem centenas de famílias que usam aquela mesma água para matar sua sede. Todo esse lixo foi descartado em um mesmo dia pelo navio Ana Beatriz III”, informou Derlan Sá, que tem parentes na região.

Ainda segundo Derlan, a prática prejudicial ao meio ambiente ocorre cotidianamente, sem qualquer respeito aos ribeirinhos.

Comunidades ribeirinhas por onde o navio passa são as principais afetadas com a poluição

“O lixo fica nos rios, a comunidade coleta parte dele pra queimar, ou fazer qualquer outro tipo de descarte. Então, é triste ver isso, não entendo porque essas pessoas tem essa irresponsabilidade de estar jogando toneladas de lixo nos rios”, concluiu.

A reportagem do portal SELESNAFES.COM tentou falar com os responsáveis da embarcação denunciada, mas não conseguiu contato.

Compartilhamentos