Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

Trabalhadores da empresa Bernacom entraram em greve por tempo indeterminado na manhã desta quinta-feira (27). Os servidores de limpeza hospitalar alegam atrasos no pagamento dos salários de 400 funcionários. A empresa alega atrasos de repasses da Secretaria de Saúde (Sesa).

Os trabalhadores fazem plantão de limpeza nos hospitais de Macapá e Santana, além da Unidade de Pronto Atendimento do município de Mazagão.

Rony Santos: servidores estão com contas atrasadas sem pagamento. Fotos: Cássia Lima

O Sindicato de Asseio e Conservação do Amapá (Stacap), afirma que procurou dialogo com a direção da Bernacom, mas foram informados de dívidas da Sesa com a empresa.

“A empresa fica nessa irresponsabilidade e alega dívidas da Sesa. Nós estamos sofrendo com contas atrasadas, com nossos filhos e estamos reivindicando nossos direitos”, destacou o diretor do sindicato, Rony Santos.

Greve é por tempo indeterminado

Segundo o diretor, os trabalhadores devem permanecer em greve por tempo indeterminado até a empresa e a Sesa informarem um prazo para pagamento dos salários.

A Secretaria de Saúde informou ao portal SELESNAFES.COM que irá marcar uma reunião com os grevistas e com a empresa e que se posicionará publicamente ainda hoje.

Compartilhamentos