Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

Há duas semanas o Conjunto Habitacional Mucajá, localizado  no Bairro Beirol, zona sul de Macapá, vem sofrendo com uma onda de violência, segundo moradores. O último episódio de barbárie aconteceu na noite de segunda-feira (4), quando um homem armado com um terçado tentou assassinar um morador. Ele foi espancado por populares até desmaiar.

Segundo um morador que não quis se identificar por medo de represálias, Edson Maciel, de 46 anos, chegou a ferir Diego dos Santos, de 26 anos, com  vários golpes em frente ao bloco que mora. A vítima chegou a perder um pouco de massa encefálica, mas sobreviveu. Os dois foram levados ao Hospital de Emergência (HE).

Agressor foi espancado até desmaiar. Fotos: reprodução

O morador conta que Maciel chegou com o terçado na mão e desferiu vários golpes em Diego. Quando os vizinhos perceberam o que estava acontecendo correram atrás de Maciel jogando paus, pedras e pedaços de tijolos.

O homem tentou fugir, mas acabou caindo em frente ao Centro de Educação Socioeducativo de Internação (Cesein) e a sessão de espancamento continuou por alguns segundos até que alguém disparou uma arma de fogo fazendo com que eles parassem. Veja o vídeo.

“Não tem horário para essas coisas acontecerem. A qualquer hora tem gente entrando aqui e dando tiro. Ontem foi esse episódio do terçado que o homem entrou e saiu cortando o outro”, disse indignado um morador que não quis se identificar.

Segundo ele, esse tipo de casso está ficando corriqueiro nas últimas semanas .

“Está tendo casos como esses faz é dias aqui dentro, envolvendo até outras pessoas. Tem cara que chega aí de madrugada atirando sem querer saber aonde o tiro vai pegar”, denuncia o morador.

Ele diz ainda que a Polícia Militar constantemente faz rondas no local, mas isso não tem inibido os bandidos.

Moradores denunciam onda de violência. Foto. André Silva

Compartilhamentos