Compartilhamentos

LEONARDO MELO

Moradores indignados resolveram fazer uma denúncia anônima que levou policiais da Delegacia de Tóxicos do Amapá a prender dois homens e uma mulher com meio quilo de crack, além de 18 porções de maconha e balanças de precisão.

A prisão ocorreu às 21h da última quinta-feira (3), no Igarapé da Fortaleza, município de Santana, a 17 quilômetros de Macapá.

Horas antes, os mesmos criminosos haviam conseguido escapar de um cerco policial. Os bandidos pularam em um lago e conseguiram fugir. A polícia diz que eles foram avisados por outros moradores sobre a aproximação das equipes.

À noite, os policiais retornaram à residência e encontraram os acusados. 

Droga suficiente para produzir centenas de porções. Fotos: Leonardo Melo

Foram presos: Josiclei Nunes dos Santos, de 36 anos; Roni de Souza Farias, de 28 anos; e Fabíola Cavalcante Lopes, de 26 anos.

Fabíola Lopes foi presa na saída da casa, e era responsável pela distribuição, segundo a polícia.

“Fomos até o local e flagramos a moça saindo do local com 240 gramas e pedras para distribuir em outra boca de fumo”, relatou o delegado Sidney Leite, titular da DTE.

Apesar de meio quilo parecer pouco, a quantidade era suficiente para produzir centenas de porções com meio grama, cada. Os três foram autuados em flagrante por tráfico de drogas.

O delegado Sidney Leite adiantou que nos próximos dias a delegacia vai divulgar um número exclusivo para denúncias por telefone e Whatsaap. 

Compartilhamentos