Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

O deputado estadual Júnior Favacho (PMDB) foi denunciado à justiça nesta segunda-feira (28) por uso de documento falso. A ação de improbidade administrativa está sendo movida pelo Ministério Público do Estado, por meio da Promotoria de Defesa do Patrimônio Cultural e Público.

Júnior Favacho e o deputado Moisés Souza (PSC) são investigados desde 2015 por contratação de pessoal em cargos de confiança em número acima do que existe no quadro funcional da Assembleia Legislativa do Estado (Alap).

O MP afirma que durante a defesa, em setembro de 2015, o deputado teria apresentado uma cópia falsa do Diário Oficial do Estado. O promotor Afonso Guimarães, que conduziu o inquérito civil público, diz que houve, por parte da defesa do deputado Júnior Favacho, a tentativa de induzir a justiça a um erro.

O portal SELESNAFES.COM não conseguiu contato com o parlamentar.

Compartilhamentos