Compartilhamentos

De Oiapoque, HUMBERTO BAÍA

O sociólogo e escritor Fernando Canto continua a agenda de lançamento do livro Mama Guga. Esta semana, ele lançou o livro na cidade de Oiapoque, a 590 quilômetros de Macapá.

A obra traz uma série de contos e personagens amazônicos, segundo o próprio autor, cheios  de sombra e de luz. Mama Guga é um romance que se passa na Guiana Francesa na época da escravidão. 

Fernando é um escritor que permeia pelo campo da ficção e realidade, sempre tendo como pano de fundo a Amazônia.

Ele nasceu na cidade de Óbidos, no vizinho Estado do Pará, mas foi abaixo da linha do Equador que o escritor fez sua morada e fonte de inspiração, a capital Macapá.

“Vir a Oiapoque é beber de uma fonte inesgotável de inspiração”, descreve o escritor em seu melhor estilo.

Escritor autografa para estudantes da Unifap. Fotos: Humberto Baía

Fernando Canto ao lado do poeta Marvin Junios e do jornalista e escritor Humberto Baía. O jornalista e Fernando Canto já foram colegas de trabalho na Universidade Federal do Pará, em 1996

Em Oiapoque, Fernando Canto encontrou velhos amigos, e palestrou para uma plateia hipnotizada de alunos do campus binacional da Universidade Federal do Amapá (Unifap). O  evento fez parte da virada cultural, promovida por professores e alunos do campus.

Compartilhamentos