Compartilhamentos

SELES NAFES

Uma menina de apenas 12 anos morreu ao pular de um dos pilares da ponte sobre o Rio Jari,  na divisa com o Estado do Pará. O corpo só foi localizado nesta segunda-feira (21). De acordo com o Centro Integrado de Operações em Defesa Social (Ciodes), a menina teve morte por afogamento depois de ser ferida na água por outra criança.  

O acidente por volta das 16h do último domingo (20), no Bairro Central de Laranjal do Jari, a 265 quilômetros de Macapá, quando a menina e outras crianças mergulhavam no rio pulando dos pilares. Policiais militares foram acionados pela mãe da menina e foram até o local.

Crianças relataram que a menor pulou. Em seguida, foi a vez de um menino que mergulhou e acabou atingindo a menor dentro da água. A vítima afundou e não retornou mais.

Equipes do Corpo de Bombeiros foram até o local do acidente, mas acabaram suspendendo as buscas às 19h, sem localizar a vítima. Ontem, por volta das 10h20min, o corpo foi localizado por moradores, que sem saber o que fazer levaram para o hospital de emergência da cidade.

Ponte começou a ser construída em 2003. Fotos: André Silva

A Ponte do Rio Jari começou a ser construída em 2003 pela prefeitura de Laranjal do Jari com recursos federais, mas está abandonada há mais de 10 anos.  No início de março deste ano, o Ministério da Integração aceitou pedido do governo do Estado para retomar o convênio e garantir a continuidade das obras.

Foi o segundo caso de afogamento em menos de 12 horas, também envolvendo crianças. No município de Tartarugalzinho, a 232 quilômetros de Macapá, a Polícia Civil também solicitou a remoção do corpo de um menor que havia desaparecido em um balneário no Bairro Airton Sena.

Compartilhamentos