Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

A perseguição a um detento foragido do Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen), pela Rodovia Duca Serra, na zona oeste de Macapá, terminou em acidente de trânsito no fim da manhã desta quinta-feira (24).

Um detento do regime semiaberto que estava fazendo trabalho externo aproveitou uma chance e tentou fugir em direção à rodovia. Os agentes estavam atentos, e entraram numa picape do Iapen para alcançar o preso mais rapidamente.

Quando estava bem próxima de alcançar o criminoso, a picape acabou colidindo com um Fiat Bravo vermelho que trafegava no sentido Goiabal/Centro. O acidente ocorreu na entrada do Ramal do Goiabal.

“Nesse cruzamento eles iam fazer a conversão à esquerda quando colidiram com o veículo no sentido oposto”, explicou o sargento R.Corrêa, do Batalhão de Trânsito da PM (BPTran).

Agentes estavam na picape em perseguição ao preso. Fotos: Olho de Boto

Bravo trafegava no sentido Goiabal/Centro

Logo após a colisão os agentes desceram do carro, e mesmo feridos ainda conseguiram capturar o criminoso. Passageiros dos dois carros foram encaminhados para o Hospital de Emergência de Macapá sem lesões graves.

A PM trata a perseguição pela expressão “acompanhamento tático”, um procedimento muito comum com equipes de policiamento ostensivo. Esse tipo de situação requer técnica e experiência.

“Creio que eles (os agentes penitenciários) têm esse preparo, pois passam por cursos. Isso foi uma fatalidade”, opinou o sargento. 

O portal SELESNAFES.COM não conseguiu falar com a direção do Iapen para saber como o proprietário do Bravo atingindo terá os danos ressarcidos.

“Por conta de um bandido que estava fugindo é preciso ter mais cautela. Colocou a vida de inocentes”, criticou Beatriz Barros, amiga do motorista do Bravo.

Compartilhamentos