Compartilhamentos

LEONARDO MELO

As praças de Macapá viraram o novo reduto do tráfico de drogas. Nem as mais tradicionais estão escapando dos criminosos que procuram esses locais atrás dos jovens. Um desses traficantes, também muito jovem, foi detido por policiais civis no fim da tarde desta terça-feira (8).

O acusado foi abordado pelos agentes da Delegacia de Tóxicos (DTE) na Praça Floriano Peixoto, no tradicional Bairro do Trem.

“A gente pensava que ele tinha 18 anos, mas foi uma surpresa saber que ele tem 17 anos. Ele vem há muito tempo fazendo isso na Floriano Peixoto e no Largo dos Inocentes (praça tradicional no centro). Às vezes as pessoas acham estranho porque tantos jovens vão a esses locais usar drogas, é porque tem gente vendendo”, explica o delegado Sidney Leite, titular da DTE.

Drogas estavam escondidas em residência no Bairro do Laguinho

Delegado Sidney Leite: fornecedor será preso

Com o adolescente foram encontradas 8 porções de maconha. Mas os policiais sabiam da existência de mais entorpecentes e obrigaram o menor a revelar onde o produto estava escondido.

A equipe foi até uma residência indicada por ele, no Bairro do Laguinho, onde havia mais maconha e comprimidos de ecystase, droga sintética usada em festas de música eletrônica.

“Como fizemos uma investigação prévia, fomos até o local onde a droga estava escondida. (…) Esse trabalho vai continuar, e esse indivíduo que fornece drogas para ele vai ser preso”, prometeu Leite.

No total, a Polícia Civil apreendeu mais de 1 quilo de drogas.

Ecystase: traficantes abordam jovens nas praças mais tradicionais oferecendo até drogas sintéticas. Fotos: Leonardo Melo

Compartilhamentos