Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Uma picape avaliada em mais de R$ 100 mil foi apreendida na tarde desta segunda-feira (7), no posto de fiscalização do KM-08 da BR-210, na zona rural de Macapá.

A Toyota Hillux de cor prata foi parada e os policiais perceberam “ligeiros traços de adulteração no veículo, mais precisamente na parte do motor”, diz o relatório da PRF. A suspeita é de que a numeração original tinha sido raspada.

No procedimento de identificação veicular os agentes constataram que o motor apresentava mesmo sinais de adulteração, “estando fora do padrão utilizado pela fabricante”.

Procedência da picape agora será investigada pela Polícia Civil. Foto: Olho de Boto

O veículo e o condutor foram encaminhados para o Ciosp do Pacoval. O acusado, que não teve o nome revelado pela Polícia Rodoviária, foi autuado por “adulteração de sinal identificador de veículo automotor”, crime que pelo Código Penal representa pena de 3 a 8 anos de prisão.

O caso agora será investigado pela Polícia Civil.

Compartilhamentos