Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

Trinta professores de cursinhos preparatórios de Macapá uniram-se a organizações que lutam pelo tratamento de pessoas com câncer no estado. Eles promovem o aulão preparatório para o Enem, com a finalidade de reunir recursos para ajudar a esses pacientes.

A próxima edição vai acontecer nos dias 28 e 29 de outubro, na quadra da igreja Jesus de Nazaré, zona central de Macapá.

Última edição do aulão reuniu mais de 700 candidatos Foto: Divulgação

O projeto Aulão Solidário existe há quatro anos e cresce a cada edição. Na última, contabilizou a participação de mais de 700 candidatos, e, neste ano, pretende chegar a 1 mil.

A ideia partiu de dois professores, Silvana Ubaiara e Tony Ribeiro, inicialmente com o nome Aulão da Cura, e, no ano seguinte, Aulão Ijoma. Este será o quarto ano do projeto, e, desta vez conta com a parceria da ONG Carlos Daniel, como uma das instituições beneficiadas pelo projeto.

Projeto tem parceria com ONGs que ajudam doentes Foto: Divulgação

“No Amapá o tratamento contra o câncer é muito precário. Não temos hospitais ou clínicas especializadas para tratar e acompanhar o paciente. Por conta disso, os pacientes precisam buscar tratamento fora do estado. Para os que possuem algum recurso financeiro, fica mais fácil acessar o tratamento. Para os que não possuem e dependem do governo, fica mais difícil. Para se ter uma ideia, no estado existe apenas um aparelho de mamografia e até certo tempo estava quebrado. Assim, entendemos que é de suma importância ações como esta, nesse contexto”, falou o professor Guara Pastana, um dos instrutores do curso e professor de história.

Interessados em participar do aulão, devem se inscrever nas escolas Gabriel de Almeida Café, Colégio Amapaense, Escola Estadual Tiradentes ou Escola Estadual Alexandre Vaz Tavares, além de cursinhos da cidade. O aluno terá que pagar um valor simbólico de R$ 10.

Compartilhamentos