Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

Há 20 anos não acontece um processo licitatório para a seleção de empresas interessadas em operar no serviço de transporte de passageiros na capital. A Prefeitura Municipal de Macapá (PMM) garante que antes do fim do ano um novo processo será aberto.

O último processo licitatório aconteceu na época em que Aníbal Barcellos foi prefeito da capital, isso em 1996. De lá para cá, as empresas operam sob um regime homologado pelo ex-prefeito Roberto Góes.

Presidente da CTMac, André Lima: expectativa de obter resultado positivo ainda este ano para processo licitatório. Foto: André Silva

Atualmente, quatro empresas operam na capital sendo que uma delas, a Sião Tur, opera tanto em Macapá como no município de Santana, a 17 quilômetros da capital. As outras são: Expresso Marco Zero, Capital Morena e Amazontur.

A Companhia de Transito de Macapá (CTMac)  tentou realizar uma licitação, mas os empresário entraram com um pedido na Câmara de Vereadores de Macapá tentando derrubar o processo.    

“Isso está tramitando e nós já estamos trabalhando para que tão logo saia esse resultado. Estamos batalhando para que isso aconteça ainda este ano”, disse o presidente da CTMac, André Lima.

Foto de capa: Arquivo/SN

Compartilhamentos