Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Convênios na ordem de R$ 56 milhões aguardam liberação para serem injetados na melhoria da educação básica de Macapá. A previsão é de que a liberação aconteça até o fim desta ano.

Articulados pelo senador Davi Alcolumbre através do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), os convênios englobam propostas para obras nas escolas das comunidades de Santa Luzia, São Joaquim e Curiaú, e planilhas com atualizações das creches de Fazendinha, Novo Buritizal (Tia Chiquinha) e Loteamento Amazonas, e execução de novas creches, além da compra de equipamentos, como centrais de ar e equipamentos para cozinha. O recurso também beneficiará as obras das escolas Renascer, Roraima, Professora Eliana Flexa, Professaor Raimundo Oliveira, Rondônia e Goiás, no distrito do Coração.

As pautas referentes a termos de compromissos celebrados ainda no exercício de 2016 para obras de reformas e construção de escolas de Macapá foram discutidas em audiência com o presidente do FNDE, Silvio Pinheiro, o senador Davi Alcolumbre, o prefeito de Macapá, Clécio Luís, e o secretário municipal de Educação, Moisés Rivaldo.

Equipes técnicas da prefeitura de Macapá apresentaram ao FNDE um levantamento contendo as prioridades na área e que foi integralmente provado. A conclusão das obras e reforma e construção de escolas e creches nas áreas urbana e rural foram contempladas com projetos atualizados de engenharia e planilhas, visando a realização de novas licitações e conclusão no menor tempo possível.

Compartilhamentos