Compartilhamentos

 

DA REDAÇÃO

O governador do Amapá, Waldez Góes (PDT), anunciou, nesta quinta-feira (28), a ampliação do sistema de água tratada do município de Oiapoque, cidade a 590 quilômetros de Macapá. Foi durante solenidade para assinatura de convênio com a prefeitura, onde ele também anunciou outras obras e foi cobrado por moradores que querem a conclusão das obras na única praça da cidade.

Waldez assinou convênio de R$ 388 mil para apoiar a prefeitura na coleta e transporte do lixo doméstico e entulho, serviço essencial para conter os casos de zika, dengue chikungunya.

 “Oiapoque é um município promissor, com muitas vocações. Para incentivar suas potencialidades, é necessário unir os esforços de todos os atores, inclusive os parlamentares, do nível estadual, federal ou municipal. O fato de hoje estarmos aqui anunciando essas ações demonstra a eficácia de se trabalhar em conjunto para melhorar a qualidade de vida da população”, disse o governador

Waldez: união de esforços. Foto: Marcelo Loureiro

Convênio de R$ 388 mil para a limpeza

Um termo de compromisso assinado entre o governo e a prefeitura garantiu que a Caesa irá desenvolver todo o projeto de ampliação do sistema de abastecimento de Oiapoque num prazo de 60 dias.

Existem R$ 14 milhões garantidos para a obra pela Fundação Nacional de Saúde (Funasa).  A expectativa é de que já no ano que vem, 100% da população de Oiapoque tenha água tratada nas torneiras, informou o presidente da companhia, Valdinei Amanajás.

Waldez também anunciou a construção do muro de arrimo da orla de Oiapoque. A obra vai custar R$ 4 milhões, e será acompanhada pelo Corpo de Bombeiros.

Sobre a Praça Eucildo Crescêncio Rodrigues, no centro da cidade, o secretário de Infraestrutura, João Henrique Pimentel, disse que a obra finalmente vai ficar pronta. A praça começou a passar por revitalização há 8 anos, e foi paralisada várias vezes.

Máquinas entregues para a prefeirura

Um dos moradores, o mototaxista Marques Brandão, disse que fez uma promessa para a praça ficar pronta.

“Só vou cortar meu cabelo quando a praça for inaugurada”, disse ele, bem humorado. 

A Seinf garantiu que a obra será finalizada até dezembro. 

“Nós conseguimos reincidir o contrato anterior e, através de uma ata de preços de serviços elétricos, nós estamos concluindo o espaço. Esperamos entregá-la até o fim do ano”, garantiu o secretário de Estado de Infraestrutura, João Henrique Pimentel. O investimento é de R$ 612 mil. 

Mototaxista Marques Brandão disse que só vai cortar o cabelo quando a praça for inaugurada. Foto: Humberto Baía

O Centro de Custodia de Oiapoque também será ampliado. A obra vai custar R$ 490 mil. Três escolas estaduais de Oiapoque foram contempladas com carteiras, freezers, fogão domésticos, bebedouros, conjuntos de mesas para refeitório, computadores e conjuntos de mesas e cadeiras para as salas de aula, além de 83 centrais de ar. Contudo, elas só serão instaladas depois que terminarem os trabalhos de adequação da rede elétrica.  

Compartilhamentos