Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Um incêndio destruiu várias residências no Bairro do Araxá, na zona sul de Macapá, na tarde desta sexta-feira (15). 

O fogo começou por volta das 15h30min, em uma casa na área de pontes da Rua Setentrional. A destruição deixou várias famílias desabrigadas, como o serigrafista Alessandro Monteiro, que morava havia 10 anos no local. 

“Não deu tempo de tirar nada. Eu estava trabalhando. A única coisa que deu pra tirar foi a minha cachorrinha. Meu filho está trabalhando e está de aniversário. Quando voltar vai descobrir que não tem mais casa. Que presentão”, lamentou o serigrafista. 

“Mas tenho um Deus que vai me levantar de novo”, acrescentou.

Fogo começou por volta das 15h30min

Muitos moradores se machucaram na tentativa de salvar bens. Fotos: Olho de Boto

Moradores se uniram ao Corpo de Bombeiros

A situação é a mesma para outras famílias. 

“Perdemos tudo, ninguém tem nada. Morava com minhas duas sobrinhas e meu pai. Está todo mundo na rua”, disse ainda nervosa a doméstica Nazaré Gonçalves Lobato. 

“Graças a Deus elas (as sobrinhas) conseguiram sair, mas a gente perdeu tudo. (…) Ainda estava construindo ela (a casa), a gente já estava terminando”, completou.

Outra moradora, Fernanda Sena, estava trabalhando, e diz que o fogo teria começado na casa vizinha.

O fogo foi controlado por volta das 17h, quando os bombeiros iniciaram o rescaldo. Foi necessário deslocar equipes de quatro equipes de várias companhias da cidade.

Rapaz enche baldes no lago

Um olhar que diz tudo

Dona de casa se desesperou

O Corpo de Bombeiros calcula que entre oito e 12 casas foram total ou parcialmente destruídas. Algumas pessoas ficaram feridas durante o combate às chamas na tentativa de salvar roupas e móveis.

Todas famílias atingidas estão sendo encaminhadas para o serviço de assistência social do governo do Estado. 

“Estamos muito perto do rio. Com o vento muito forte e as casas em madeira isso favoreceu as chamas, além do difícil acesso que dificultou o início do combate. Mas assim que chegamos iniciamos o combate de imediato. (…) Os peritos estão vindo para cá para tentarmos identificar a origem do incêndio”, informou o coronel Janary Picanço, do Corpo de Bombeiros. 

Corpo de Bombeiros calcula que entre 8 e 12 casas foram atingidas

Compartilhamentos